juntos servindo o proximo

Notícias do Exército de Salvação

Salvacionistas pedem oração e cuidado após os ataques na mesquita de Christchurch

salvacionistas pedem oracao cuidado apos os ataques na mesquita de christchurch

Após ataques em duas mesquitas em Christchurch, Nova Zelândia, que ceifou pelo menos 49 vidas, os membros do Exército de Salvação - particularmente aqueles perto dos locais desses ataques - foram capazes de dar apoio e transporte para aqueles que precisavam.

Os membros do Corpo do Exército de Salvação (Igreja) na cidade de Christchurch estão a trabalhar no hospital onde muitos dos feridos estão a ser tratados e as familias enlutadas estão a reunir-se. Os salvacionistas do corpo, também trabalham com a polícia local, no serviço forense e como diretores funerários na cidade da ilha do Sul.

O Exército de Salvação trabalhará em estreita colaboração com as autoridades nacionais e locais, bem como com outras agências de apoio nos próximos dias tendo em conta a ajuda que será oferecida.

O Comissário Andy Westrupp, Chefe Territorial do Exército de Salvação no território da Nova Zelândia, Fiji e Tonga, emitiu a seguinte declaração: "O Exército de Salvação apoia os nossos irmãos e irmãs muçulmanos hoje, e condena totalmente este ato de violência sem precedentes para com as pessoas que estavam a participar nas oraçoes de forma pacifica em Christchurch. ' O horror destes ataques recorda-nos a nossa humanidade partilhada e a necessidade urgente de erguer e defender o amor e a paz. Todo o mundo vai fazê-lo à sua maneira, alguns orando, como nós faremos. A resposta ao cuidado pelos outros é outra maneira-esta é também a maneira que a nossa fé nos chama. Mas, independentemente da crença religiosa, o cuidado é uma resposta que todos nós podemos partilhar.

"Nós pensamos em todos aqueles em Christchurch hoje, se vão sentir ansiosos e de luto. Não estão sozinhos. Estamos com vocês. O Oficial Dirigente (pastor) na cidade de Christchurch, Tenente-Coronel Coronel Gordon Daly, é um dos signatários de uma carta aberta escrita à comunidade muçulmana da cidade por parte das igrejas cristãs da mesma: ' Tendo em conta o horrível tiroteio , os ministros cristãos unidos da cidade e as suas congregaçoes, desejam estender o seu afeto à ampla comunidade muçulmana de Christchurch e assegurar-lhes a nossa amizade e apoio neste momento de grande perda.

'Estejam certos da nossa oração constante com toda a nossa cidade e o seu povo a lutarem para entender o que aconteceu em resultado desse ato excessivo. Como membros de duas tradições religiosas nascidas de um património abraâmico partilhado, estamos solidários convosco.

De Londres, o líder mundial do Exército de Salvação, o General Brian Peddle, que serviu na Nova Zelândia de 2007 a 2009, acrescentou: ' os pensamentos e orações do Exército de Salvação estão centrados hoje na Nova Zelândia. A perda de uma vida, é uma tragédia, mas esta é deplorável e não tem precedente num lugar tão bonito e com pessoas tão maravilhosas. Que Deus abençoe esta nação e todas as pessoas que lá vivem.'

Comunicações C.I.
Sede internacional

Imprimir

voluntariado

donativos